Foto Sousa

Zone d'identification

Type d'entité

Collectivité

Forme autorisée du nom

Foto Sousa

Forme(s) parallèle(s) du nom

Forme(s) du nom normalisée(s) selon d'autres conventions

Autre(s) forme(s) du nom

Numéro d'immatriculation des collectivités

Zone de description

Dates d'existence

1911-2000

Historique

A Foto Sousa foi a primeira casa de fotografia a funcionar no concelho. Fundada em 1911, por Augusto Tavares de Sousa, inicialmente designou o estúdio por A. Tavares de Sousa - Fotógrafo. Provavelmente, em 1926 mudou de instalações e passou a denominá-lo por Foto Progresso, mantendo-se esta designação até 1933. Nesse ano modifica, novamente, o nome do estúdio - Foto Sousa - e transfere as suas instalações para o lugar de Moradal, freguesia de Vila Chã.
Para além de Augusto Tavares de Sousa, trabalharam nesta casa de fotografia os seus filhos Manuel Tavares de Sousa e Alberto Tavares de Sousa. O primeiro, após aprender a arte e ter percorrido alguns estúdios, optou por abrir um no concelho - Foto Central . O segundo, após a morte de seu pai, em 1943, adquiriu a parte que correspondia a seus irmãos e ficou proprietário do estúdio. Na década de 1990 o seu trabalho cingiu-se, praticamente, à produção de fotografias, feitas a partir de negativos que já possuía. Não obstante manteve a sua actividade até ao ano de 2000, ano em que faleceu.

O espólio da Foto Sousa é composto por cerca de 124.349 espécies fotográficas, equipamento fotográfico, álbuns e livros de registo.

Lieux

Statut juridique

Fonctions et activités

Textes de référence

Organisation interne/Généalogie

Contexte général

Zone des relations

Zone du contrôle

Identifiant de la notice d'autorité

Identifiant du service d'archives

Règles et/ou conventions utilisées

Statut

Niveau de détail

Dates de production, de révision et de suppression

Langue(s)

Écriture(s)

Sources

Notes relatives à la mise à jour de la notice